Sábado, 06 de Fevereiro de 2010

             É PRECISO VAGUEAR !

 

 

Poetar,

divagar,estar,

andar por aí.

Reflectir,

SER.

Partir,

gostar, amar.

Entender, compreender.

Sentir com o coração,

com a cabeça.

Reflectir, sentir,

A RAZAO.

Entender , compreender.

dizer

Não !

Outra vez não!

Porque é preciso

                        amar.

Porque é preciso

                     sentir.

Porque é preciso

                   reflectir.

Porque é preciso

ver,sentir,amar,progredir,

                                 lutar.

Sentir ,

entender o sentido natural das coisas

e

lutar.

 Porque é preciso

e,

só nos resta a vida

para viver,

sentir,

para te ver

e vaguear !

 

 


tags:
sinto-me:
música: Pedro Abrunhosa

publicado por luarvermelho às 18:42
Domingo, 09 de Setembro de 2007
Era uma vez um menino que só queria ser feliz. Sonhou, sonhou muito,continuou sempre a sonhar. Cresceu, lutou ,conquistou, algumas coisas conseguiu alcançar, para lá do sonho, para lá do que imaginava ser possível . Alcançou, sonhou na garantia de amar, partilhar. Sempre remetido "aos seus", isolou-se , num mundo sem infância, sem a ternura das paisagens e amigos de outros tempos. Tem "muita coisa",mas cada vez continua mais só entre os seus, poeta naufragado, navio à deriva ,será um sonho naufragado, estará a delirar?
Que fazer para voltar a sonhar? Como se reencontrar, a saudade dói, a vida precisa de reencontrar.
Os sonhos de infância, um mundo de liberdade, de amor, lealdade , justiça ,partilha sem hipocrisia e sem análises primárias e de senso comum precisa de procurar ,conquistar.
SONHA MENINO ,reconstrói o teu sonho o teu amor. Não te importes se estás só. PROCURA, reinventa o teu ser, a vida tem momemtos de desilusão e dor que saberás ultrapassar, a tua felicidade está nas tuas mãos . AGARRA A VIDA .AGARRA, não te deixes ultrapassar. LUTA, luta sem cessar, porque a vida é luta sem intervalos, sem tréguas.
SONHA MENINO!  SONHA !RECONSTRÓI OS TEUS SONHOS que a maré baixa está a passar e logo poderás navegar, navegar nos sonhos de amor de uma vida  a concretizar. Sonha. Ninguém te conseguirá parar.

tags:
sinto-me: Triste.
música: AméricaINdia only meditation

publicado por luarvermelho às 22:17
Sexta-feira, 11 de Maio de 2007

Eu quero

tu não queres.

Eu desejo, tu não.

Tu não podes

Amanhã é outro dia.

Quero

Desejo

Melhor, quis, desejei.

Eu bem queria.
mas, amanhã é outro dia.

Recordo o quanto amei

algum dia, há dias...

Desejo

Quero

Hoje não.Amanhã.

Entre hoje e amanhã e ontem

quando acontece

é luar, sonho, mel que me entontece.

Por que quero

por que não queres.

O que há de mal

no meu desejo sensual

será normal?

Contigo, para lá de ti,

que não queres

espero,

choro o meu lado sentimental.

Há um caminho

desejo, quero,

só eu, sempre eu

desejo

quero.

Procuro o teu lado sensual

sempre o mesmo caminhante

numa estrada sem igual.

Muitas vezes, sem princípio nem fim.

Desejo sensual

quantas vezes solitário,

será normal

choro o meu lado sentimental

turbilhão

confusão

desejo sem igual.


tags:
sinto-me: algures por aí, à procura...
música: silêncio da noite.

publicado por luarvermelho às 12:21
Terça-feira, 03 de Abril de 2007

O acesso exclusivo à Praia

 

 

SILÊNCIO DO MAR

Oiço o barulho das ondas

Sinto o silêncio do mar

vejo a espuma calma e serena.

Olho nas ondas

projectado o luar,

profundamente respiro a calma serena,

oiço o poema

como o barulho das ondas.

Sinto a brisa do mar

no ritmo das palavras

e a calma serena

de versejar.

Horizonte é azul, é mar,

levam-me as palavras

para lá do luar.

Oiço o barulho do mar

no silêncio das palavras,

ritmo do poema

força das ondas

ninguém consegue parar.

 

 

 


tags:
sinto-me: Meditativo
música: nenhuma

publicado por luarvermelho às 22:38
Quinta-feira, 29 de Março de 2007

 

 

 

 

EXISTE 

 

 

No mais profundo

do teu silêncio.

No mais forte de ti

Ergue a tua voz.

Sonha.

 

Enfrenta o mundo,

Pensa,está.

Preserva o mais fundo

silêncio que em ti vi.

Dá-me a tua voz.

Sonha.

 

Ousa sonhar.

Atreve-te a pensar.

Ousa ser.

Ousa estar,

Onde as coisas podem acontecer

que  o teu luar

iluminará o anoitecer.

 

Viaja e sonha.

Contempla-te no mais fundo

de ti,

Escuta o silêncio

da tua voz.

 

É enorme a tua força,

grande o mar

No barco dos sonhos:

OUSA PENSAR!

OUSA ESTAR!

 

Escuta! escuta!

o som do mar.

sonha

pensa

está,

que o sonho do teu viajar

ilumina a noite sem luar.

 

Existe,

exprime todo o ser,

sonha.

 


sinto-me: Reflexivo, revigorado, feliz .
música: O mais fundo dos meus sonhos.

publicado por luarvermelho às 16:15
Sábado, 24 de Março de 2007

Cor preferida

 

 

 

 

Cor sentida

Desejo forte.

Cor vivida

Dá-me o norte.

 

Cor de vida

Sonho e sorte.

 

Cor preferida

     Atraente,

     Sorvida,

      Quente.

 

Inspiração sensual,

VERMELHO cor preferida

Sem igual,

Instante,

Paixão carnal.

Vermelho em ti:

                         Torpor,

                          Desejo,

                          AMOR!

 

 

 A cor do Pecado....

 



publicado por luarvermelho às 20:26
Domingo, 29 de Outubro de 2006

Da minha janela virada para o mundo,

vejo o mar

o sol

e toda a lua,

Da minha janela virada para o mundo,

vejo,

sinto,

pressinto a vida num desejo,

numa vontade, num imperativo lutar.

Da minha janela virada para o mundo

Sou um Samurai,

um guerreiro que contempla,

compreende,age e não desiste de amar.

Da minha janela virada para o mundo.

sonho e persigo o azul da limpidez,

da verdade, do caminho, da sabedoria ,da paz,

outros vejo andar, na multidão sem mar,sem sonhos,

sem capacidade de lutar.

Saio!

Espada na mão.

Do mundo olho a janela virada para o mar.

O que quero ,o que desejo é viajar, sonhar, amar.

Sou um Samurai,

parto e não tenho destino,

ando e não posso parar.

Espada na mão, resta-me tudo:

o sol,

a lua,

o vento,

o mar;

o amor

e toda a vida pela qual tenho de lutar.



publicado por luarvermelho às 16:16
Sexta-feira, 18 de Agosto de 2006

As coisas são como são,

Dizem.

Nada é como parece,

penso.

Deixa-te dessas coisas,

repetem.

Sonho, com a razão.

Insisto.

Esquece, reza uma prece,

Dizem.

Qual, o ser das coisas,

duvido.

Estou forte,

sonho com a realidade, ou com o que ela se parece,

será que é?

Quero outro mundo.

outra Lua.

outro sol.

Mundo sem fel

Sem as bombas de Israel.

Sem Bush e as armas maciças.

Longe vai a prece.

O mundo que parece não é.

Mas, infelizmente é...

dos canalhas.

Sonho com a razão,

Insisto

Duvido.

Se calhar não é.

Se quiseres não é.

se quisermos não é

Procura a tua lua

encontra o teu sol

escolhe o teu mundo.

 

 



publicado por luarvermelho às 22:43
Quinta-feira, 15 de Junho de 2006

 

Sonhar

partilhar

amar.

Momentos para estar

coisas a partilhar

desejo de amar.

 

Vêmos ,sentimos, amamos

olhar de desejo, sentir palpando,

amar loucamente assim gostamos.

 

Contigo sonho

contigo sinto

contigo amo.

Desejar a lua,

o sol e toda a vida

é tudo em ti o que mais queria amar.

Sonhar, partilhar, amar,

assim somos,

existimos,

e partilhamos todo o amor que temos para dar.

Fogo na alma

brasa no corpo,

o sentir-te toda, é um desejo , um amor, um incêndio,

que não conseguirás apagar.

 

 

 



publicado por luarvermelho às 19:30
Terça-feira, 16 de Maio de 2006

 

Procuro um sinal

um caminho, uma orientação.

Não me leves a  mal.

Procuro,

Quero, algo real.

 

Procuro,

quero um abraço sentimental.

Procuro, desejo, percorrer o teu corpo

como uma estrada real.

Enigma,

Problema, quase beco sem saída.

Procuro comprender-te num significado real.

Procuro por ti,

e, em ti procuro

um final, um sonho, uma vida real.

 

É possível o real

É possível o sonho

É possível ter-te num significado real

É possível e procuro

Existes e  contigo

compreendo a vida num significado real.

 

 

 

 



publicado por luarvermelho às 22:03
mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


arquivos
2010

2009

2008

2007

2006

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO